Facebook


Não é a primeira vez que vos falo da minha relação com as redes sociais. Sei que não, mas desta vez acho que merecem uma explicação da minha parte.
A todos aqueles que me tinham adicionado como "amiga" no facebook, a todos aqueles que seguiam o meu perfil privado no facebook tenho a dizer-vos que não, não vos bloqueei ou escondi o que quer que seja. Sabem que eu nem sou dessas coisas, quando não quero estar perto ou simplesmente "ligada" a alguém afasto-me de vez e não só "assim-assim".

***
Ce n’est pas la première fois que je vous parle de ma relation avec les reseaux sociaux. Je sais que non, mais cette fois-ci je pense que vous méritez une explication de ma part.
À tous ceux qui m’avaient ajouté comme « amie » sur facebook, à tous ceux qui suivaient mon profil privé sur facebook je tiens à vous dire que non, je ne vous ai pas bloqué ou caché quoi que ce soit. Vous savez que je ne suis pas ce genre de personne, quand je ne veux pas être entourée de qui que ce soit, je m’éloigne définitivement et non pas « plus ou moins ».


Já lá vão uns meses quando a ideia de desativar a minha conta pessoal nasceu na minha cabeça, mas demorou a ganhar coragem para o fazer. Sei que dirão, mas coragem para quê Ana?
Coragem sim, coragem para me desligar dos antigos colegas de trabalho, dos amigos ou conhecidos, de hábitos que se foram criando ao longo de quase 10 anos de ligações a esta rede social.
Não quero que me entendam mal, mas no dia dos meus anos como é hábito no facebook, centenas de pessoas partilharam palavras bonitas e muito carinho no meu mural e só posso ser muito grata por isso.
Mas, enquanto li aquelas mensagens uma única pergunta atravessava o meu pensamento... "Quantas pessoas destas anotaram na sua agenda ou telefone o meu dia de anos?".
Isto para vos dizer que dei por mim no dia 23 de dezembro a pensar quantas daquelas pessoas sabiam quem eu era ou que aquele dia me era especial. Na altura em que me inscrevi no facebook não menti e coloquei a minha data de aniversário correta, podia não o ter feito e aí quantas pessoas se dariam conta que aquilo estava errado? Isto é apenas um exemplo das coisas que me fizeram pensar no que estava eu ali a fazer...
Eu sei que para muitos podem ser apenas detalhes, mas a mim levou-me a questionar o que andava eu ali a fazer. Para que queria eu o facebook se naquele perfil estava uma Ana adormecida que tem por objetivo usar as redes sociais apenas para inspirar gente a ser gente feliz, equilibrada e de bem com a vida?
Mas isso... isso eu faço-o na minha página do blog, neste espaço que tem um propósito.

Podia enumerar imensas razões para justificar a desativação da minha conta pessoal, podia, mas ao mesmo tempo percebo que não haviam razões. Existe apenas um sentimento, uma necessidade que eu tenho em fazê-lo. E fiz.

Cada inicio de ano é um novo começo, para muita gente nada muda, para outros listas de objetivos se desenham. Eu quis apenas usar este inicio de ano para começar a por em prática aquilo que quero cada vez mais para mim "fazer o que bem me apetece", sem medos, sem razões ou validações dos outros.

O meu perfil privado, que de muito pouco privado tinha, acabou. Mas, a página do blog, aquela onde o meu propósito é sempre partilhado continua ativa e está AQUI.

***
Il y a déjà quelques mois que l’idée de désactiver mon compte personnel m’était venue, mais j’ai eu besoin de gagner un peu plus de courage pour le faire. Je sais que vous vous demanderez, mais pourquoi du courage Ana?
Courage oui, courage pour me détacher de mes anciens collègues de travail, des amis qui sont loin ou de mes connaissances, d’une routine crée depuis presque 10 ans de relation avec ce réseau social.
N’interprétez pas mal ce que je vais dire, mais le jour de mon anniversaire, comme d’habitude sur facebook, une centaine de personnes a partagé sur mon mur des jolis mots et beaucoup de tendresse sur mon mur et je ne peux que les remercier pour cela.
Mais, pendant que je lisais ces messages une seule question me traversait l’esprit… « Combien de ces personnes a noté sur son agenda ou sur son téléphone le jour de mon anniversaire ? ».
Tout ça pour vous dire que je me suis vu le 23 de décembre en train de penser à combien de ces personnes savent vraiment qui je suis et que ce jour-là c’est un jour spécial pour moi. Quand je me suis inscrite sur facebook je n’ai pas menti et j’ai rempli mes données avec une date d’anniversaire correcte, j’aurai pu ne pas le faire et là combien de personnes auraient remarqué que ces données n’étaient pas correctes? Ceci n'est qu'un exemple de tout ce qui m'a poussé à prendre cette décision.
Je sais que pour beaucoup ce ne sont que des détails, mais ça m’a poussé à me demander ce que je faisais là. Pourquoi tenir ce profil quand sur celui-là il n’y avait qu’une Ana endormie qui a comme objectif utiliser les réseaux sociaux pour inspirer les gens à être heureux et voir la vie du bon côté?
Mais ça…ça je le fait sur la page du blog, cet espace qui a une vraie raison d’être.

J’aurai pu énumérer plein de raisons pour justifier la désactivation de mon compte personnel, j’aurai pu, mais au même temps je me rends compte qu’il n’y avait pas de raisons valables. Il n’y a qu’un sentiment, une nécessité que j’ai eu à le faire. Et je l’ai fait.

Chaque début d’année est une nouvelle étape qui commence, pour beaucoup rien ne change, pour d’autres il est temps de dessiner une liste d’objectifs. Moi j’ai voulu utiliser ce début d’année pour mettre en pratique ce que je veux plus que tout « faire ce que j’ai envie », sans peur, sans raisons ou validations des autres.

Mon profil privé, que de privé n’avait pas grand-chose, est fini. Mais, la page du blog, celle où mon objectif est toujours mis en valeur et partagé, continue active et est juste ICI.

9 comentários:

  1. Bom dia.
    Compreendo o seu post. Quanto ao aniversário. Eu tenho por hábito felicitar as pessoas no seu aniversário mesmo as que só "conheço" pelo face mas porque penso que o dia é especial para quem o vive pois marca o início do caminho da vida de cada um da sua identidade. Mas concordo com o que escreve. Beijos e tudo de bom. ��

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas... o aniversário é um exemplo do que me levou a parar para pensar... NÃO a razão de eu ter desactivado a minha conta.
      Não quero de todo que se foquem no exemplo 😓

      Eliminar
  2. Obviamente que 99% das pessoas que nos dão os parabéns no Facebook só os dão porque a rede social os lembrou, senão não se lembravam... no meu caso nem levo isso a mal, tal como eu não sei de cor os aniversários todos das pessoas todas que conheço ou com quem me dou..na realidade só sei de cor dos meus pais, namorado e 2 melhores amigos eheheh... Portanto sei que comigo é o mesmo e não levo a mal... mas este ano tb estava a pensar em tirar para ver quem se lembra!! eheheh

    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei se é mal meu ou se não entenderam a minha mensagem... o aniversário foi apenas um EXEMPLO. Um exemplo que me levou a pensar o que estava eu ali a fazer. Nem sequer levo a mal o desejarem parabéns uns aos outros porque digo mesmo que sou grata pelo carinho!
      Tal como digo no post, podia enumerar imensas razões e ao mesmo tempo nada porque foi uma necessidade minha.
      Esta minha decisão está longe deste exemplo e acho que o texto o explica bem...

      Eliminar
  3. Faz o que te der na gana. A vida é tua e ninguém mas mesmo ninguém pode opinar pelas tuas escolhas. Continuarei a "seguir-te" por aqui e gosto de ti da mesma forma :)
    A vida é feita de escolhas e tu fizeste a tua que foi realmente de coragem por te desligares. Claro que poderás um dia, se assim for tua escolha, voltares atrás e fazer a escolha de voltar mas isso só a ti te cabe escolher.
    Beijinhos e abraços beeeeeeeeeeeeeeeeeem gordos
    Xufia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo. E eu gosto de todos aqueles que já gostava e guardarei as pessoas que me são especiais sempre por "perto". Não é um perfil numa rede social que me faz mais ou menos amiga. Para esses estou sempre "aqui".
      Um abração gigante e a nossa noitada de queijo, pão e vinho estará sempre de pé até se concretizar minha miúda.

      Eliminar
  4. Eu admito que eu também gostaria de desligar da minha página pessoal do facebook e ficar apenas com o blog e a página do blog, mas ajuda-me nas visualizações do blog.
    Acredito que se eu não colocasse a data de aniversário as pessoas também não saberiam parece que desejam por obrigação di facebook avisar.
    E lá só conhecidos e colegas de escola que já nem falo e é triste.
    Deves repensar no que realmente queres e se isso irá fazer-te bem.
    Faz o que é melhor para ti!
    Beijinhos!
    https://grandesonhadorablog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois... eu não vejo qualquer acrescento positivo à minha vida ter apenas números num perfil de facebook... porque é isso que passam a ser quando estão ali só por estar, ainda para mais nem sequer se falam. Mas, cada um com as suas escolhas e eu fiz a que me faz sentir melhor :)
      Beijinhos

      Eliminar
  5. Olha Ana,eu nao tenho Facebook porque acho que aquilo nao serve para nada. E um exercicio narcisista de pessoas que so querem mostrar aos outros que estao muito bem quando,muitas vezes,nao estao.
    Agora a grande novidade para mim foi descobrir que fazemos anos no mesmo dia - 23 de Dezembro��
    Se eu tivesse sabido,teria enviado os meus parabens via email - mas so soube hoje,aqui no blog. Ora ai esta mais uma coisa que temos em comum. E,ja agora,muitos parabens amiga!
    Manela

    ResponderEliminar

Feel welcome!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...