Concurso Dama de Copas - Resultado



E chegou então ao fim o primeiro passatempo em parceria com a Dama de Copas.
Depois de verificar se cada participante tinha seguido os passos necessários para validar a sua participação (isto é, colocar gosto na página facebook do blog assim como na página facebook da Dama de Copas assim como partilhar a publicação em modo público) e adicionado as participantes via instagram chegámos a um total de 226 participações visto que tive de eliminar quem não efectuou todos os passos mencionados.

Como faço a cada concurso, utilizei o Random.org para seleccionar o/a vencedor(a):


Por isso vamos dar os parabéns à
Neskinha Ferreira 
a quem peço por favor que me envie os seus contactos por mensagem privada no Facebook ou pelo formulário de contacto no blog!


A todos os outros participantes o meu muito obrigado por me acompanharem e fiquem atentos que muitas mais oportunidades virão!

Feira Alternativa Lisboa


Há umas semanas atrás partilhei no site da Feira Alternativa uma dica de como reciclar um cesto que por sinal já tinha partilhado aqui também.
Vou ser muito sincera convosco, na altura em que escrevi o artigo foi-me oferecido um bilhete duplo para visitar a Feira Alternativa e juro-vos que senti um aperto por não poder ir. Quem me conhece sabe que não me reergui com medicação nem com milagres de perda de peso.
Quem me conhece, sabe que muito agradeço à minha hipnoterapeuta, pois foi a solução que encontrei para alcançar a minha paz. Por isso, sim, faria todo o sentido para mim ir ao encontro das pessoas que estarão nesta Feira e também no ambiente de calma e equilíbrio que por lá se vive.

Como não posso ir pedi a quem me contactou se os poderia oferecer a quem me acompanha nesta aventura. A resposta foi positiva e por isso, como não vou escolher a dedo, vou lançar um passatempo para que as chances sejam as mesmas para todos.

A meteorologia prevê um dia de muito sol e temperaturas elevadas, eu proponho-vos uma visita à Feira Alternativa que decorrerá em Lisboa nos dias 8, 9 e 10 de Julho para que saiam de lá com o coração quente e a alma leve. Acreditem que vale muito a pena.



Us...


Quando a minha entrevista para o programa "E se fosse consigo?" saiu, recebi um pedido curioso. Naquela altura pediram-me para contar a minha história de amor com o meu marido. Juro que sorri, até porque me lembro de cada detalhe daquele dia, das conversas e dos dias seguintes. Do sítio que se tornou nosso e de tudo o que se seguiu.
Já lá vão quase 13 anos (faltam uns meses) e tudo continua tão vivo que nem parece que já passou tanto tempo.

Foi no dia 7 de agosto que me disseram vamos até à praia. Estava a recuperar da fase mais complicada da minha vida, erguia-me aos poucos sem me preocupar com o amanhã. Queria apenas que a vida me levasse sem ser de joelhos, deixava os dias passarem à espera que um dia tudo se reequilibrasse sem pensar muito. Relacionamentos não eram sequer ideia que me passasse pela cabeça, quando aparecia alguém interessado em mim fazia questão de lhes dizer letra por letra que sim podíamos ser amigos, mas não mais que isso.
Falando do corpo... estava naquela altura com 70kg, efeito de medicação que me fez engordar 10kg em alguns meses. Meço 1m70 e apesar de naquela altura andar de cabeça erguida como se fosse muito confiante, só eu e os meus pensamentos sabemos o quanto eu tinha vergonha das minhas estrias, da minha barriga e das minhas ancas largas.

French Curves Challenge: Vintage


Aujourd'hui je ne sais pas trop par où commencer... Il y a quelques semaines Gaëlle Prudencio, la fondatrice du French Curves Challenge nous a annoncé le thème de ce 16 juin, elle nous demandait de voyager dans le temps et de présenter une tenue rétro/vintage.
Je vais être honnête avec vous, ce n'est pas du tout mon style. J'adore voir les tenues vintage mais moi je ne me voyais pas là-dedans, j'avais toujours l’impression de me déguiser. Pour vous dire, cette jupe que je vous présente aujourd'hui je l'ai acheté il y a déjà presque deux ans, quand je l'ai vu je me suis dit pourquoi pas et je l'ai prise avec moi sauf qu'elle n'est jamais sortie de l'armoire. Donc, merci à Gaëlle de m'avoir pousser complètement en dehors de ma zone de confort à moi.
Je ne voulais pas acheter de vêtements spécifiques pour ce thème, je l'avais déjà imaginé avec des chaussures noires jusqu'à ce que je trouve ces chaussures à petits pois dans une de mes soirées "shopping sur le net".

C'est vraiment la jupe et les chaussures qui font la tenue et pour ne pas leur voler la vedette je l'ai marié avec ce body noir basique avec un beau décolleté devant et derrière. 
Les perles, celles que j'associe toujours au glamour rétro, sont bien présentes dans cette tenue vu qu'elles sont présentes sur tous mes accessoires.

Un ancien casino, piano bar en ce moment a été l'endroit choisi pour prendre ces quelques photos entre pluie et vents forts.

Vous savez, en regardant ces photos je me disais que je suis finalement amoureuse de moi, de mon corps, de ma personne. Cette liberté inexplicable me fait aimer chaque détail de ce corps qui a déjà était plus mince mais plus gros aussi. Aujourd'hui même mon derrière me plaît et ça je devais le partager avec vous car c'est à cause de beaucoup de filles de ce groupe que je m'amuse et je m'aime tel que je suis. 

Le challenge continue sur la page facebook FrenchCurves ainsi que sur Instagram avec l'hashtag #FrenchCurves.
Montrez-nous vos tenues inspirées sur le thème de ce mois-ci "Rétro/Vintage".


Hoje não sei muito bem por onde começar...
Há umas semanas a Gaëlle Prudencio, a fundadora do French Curves Challenge anunciou o tema deste 16 de junho, ela pedia que viajássemos no tempo e apresentássemos um outfit vintage.
Vou ser honesta convosco, não é de todo o meu estilo. Adoro ver outfits vintage mas eu não me via neste registo, sempre tive a impressão de me mascarar. Para que tenham uma noção, esta saia que vos mostro hoje comprei-a há quase dois anos, quando a vi pensei "e porque não?!", trouxe-a comigo, mas nunca saiu do roupeiro. Por isso, obrigada à Gaëlle de me ter empurrado completamente para fora da minha zona de conforto.
Não queria comprar roupa especifica para este tema, já tinha imaginado estas peças com uns sapatos todos pretos até que encontrei estes sapatos com bolinhas num dos meus fins de tarde de shopping online.

Neste conjunto as peças-chave são sem dúvida a saia e os sapatos e para não lhes roubar protagonismo associei um body preto básico com um bonito decote à frente e atrás.
As pérolas, aquelas que eu associo sempre ao glamour vintage, estão bem presentes neste conjunto visto estarem presentes em todos os meus acessórios.

Um antigo casino, atual piano bar foi o sitio escolhido para estas fotos feitas numa pausa da chuva, mas com vento forte.

Sabem, enquanto olhava para estas fotos dizia-me a mim mesma que sou apaixonada por mim, pelo meu corpo, pela minha pessoa. Esta liberdade inexplicável faz com que eu goste de cada detalhe do meu corpo que já foi mais magro, mas também mais gordo. Hoje até da minha parte de trás eu gosto e sim, tinha de partilhar isto convosco pois foi também graças a muitas miúdas que estão neste grupo que eu me divirto e amo como sou hoje em dia.

O challenge continua na página do facebook das FrenchCurves assim como no Instagram onde devem usar o hashtag #FrenchCurves.
Mostrem-nos os vossos outfits inspirados no tema deste mês "Vintage".

















Jupe/ Saia: H&M
Body: New Look
Chaussures/ Sapatos: Even&Odd
Accessoires/ Acessórios: Primark / H&M

Regardez et n'hésitez pas à visiter ces beautés!
Vejam e não hesitem em visitar estas belezas!

Wedding Guest - Jumpsuit #5


Et nous voilà de retour aux tenues pour les mariages ou fêtes en général vu qu'on est bien dans la saison.
Pour cette dernière suggestion de combinaisons, j'ai choisi une couleur que j'adore, le burgundy. Couleur classique mais d'actualité, sobre et élégante. Une combinaison qui a tout pour qu’on se sente à l'aise. Un décolleté en V et une petite ceinture de la même matière que la combinaison au niveau de la taille ce qui peut être un plus pour accentuer nos formes, mais qui peut aussi être enlevée si vous le désirez.
Pour garder ce côté classe de la tenue je vous propose de l'accorder avec des chaussures et accessoires dans les tonalités champagne, dorées ou même avec le noir qui est une valeur sur.
Des bijoux dorés sans ou avec des détails de couleur burgundy pour rappel de la tenue seront toujours un choix parfait.
Alors, inspirées?!
D'autres suggestions viendront, la prochaine fois on se tourne vers d'autres pièces. Promis!

***

E cá estamos nós de novo para os outfits destinados a casamentos ou festas em geral visto que a época está mesmo à porta.
Para esta última proposta de jumpsuits, escolhi uma cor que adoro, o burgundy.
Cor clássica mas actual, sóbria e elegante. Um jumpsuit que tem tudo para que nos possamos sentir à vontade. Um decote em V e um pequeno cinto da mesma matéria que o jumpsuit ao nivel da cintura o que pode ser uma mais valia para acentuar as nossas formas, mas que também pode ser retirado se assim desejarem.
Para guardar o lado clássico do outfit proponho-vos que completem o conjunto com acessórios e sapatos em tons dourados, champanhe ou até mesmo em preto que é sempre um valor seguro.
Acessórios dourados com ou sem apontamentos de cor burgunday para associar à cor do jumpsuit serão sempre uma excelente escolha.
E então, inspiradas?!
Outras propostas virão, na próxima vez viramo-nos para outras peças. Prometido!

Participação - E SE FOSSE CONSIGO?


Foi também através deste programa que passaram a conhecer-me, sim, conhecer-me verdadeiramente.
As fotografias que partilho convosco mostram a minha imagem, o formato da minha cara e do meu corpo, mas não vos mostram quem eu sou verdadeiramente, talvez por isso e pela gentileza da jornalista que me contactou, a Ana, eu aceitei este desafio. Como sabem muitos meses passaram entre a gravação e o dia em que foi "para o ar".
Dia 25 de Abril, que dia incrível para eu partilhar a minha libertação, a minha caminhada. Nem eu nunca sonhei que as datas seriam assim, mas o universo alinha os astros e tudo acontece como tem de acontecer.
Naquela noite eu assisti ao programa como todos vocês, não sabia o que me esperava e posso dizer-vos que já nem me lembrava de metade da conversa, afinal apenas desabafei com aquela miúda que estava ali para simplesmente me ouvir... tudo fluiu e eu não gravei nada, tudo saiu do meu coração.
Naquela noite pedi ao marido que não fizesse comentários, nem me olhasse, ele sentado no sofá assistia ao programa e eu escondida entre almofadas ao lado dele revivia cada palavra. No fim ele apenas disse "Tenho muito orgulho na pessoa que és. Foste tão tu". E aquilo sim encheu o meu coração e fez-me sentir que TUDO valeu a pena.
Foi também a partir daquela noite que muita gente chegou até mim, que muita gente viu em mim aquele "ouvido" que precisava. Não foi fácil para mim não poder agir, dar um abraço a cada um(a) que demonstrou tanto carinho. Afinal agora muitos me conheciam verdadeiramente. Não precisaram tocar-me, não precisaram ter o meu corpo frente-a-frente, não. Conheceram a minha alma, sem filtros e sem distorção dos media como toda a gente receia.
A SIC foi fiel, a sic guardou e respeitou a minha essência, a sic conheceu-me através daquele momento gravado e aquela equipa deu-me a possibilidade de chegar até vós para que percebam que mesmo depois de uma enorme tempestade cinzenta é possível ver o sol brilhar com tanta força que o nosso coração se torna incrivelmente leve.
Quando comecei esta minha caminhada sonhava com as palestras da Ashley Graham para a TEDx, sonho ainda hoje um dia poder falar com centenas de pessoas assim como ela o fez, amava poder um dia encher uma sala com a nossa energia, poder abraçar cada um(a) para que sentissem o quanto somos fortes independentemente das dificuldades da vida ou das diferenças corporais.
Um dia, talvez eu consiga. Talvez um dia passaremos a abraços fortes e energizantes em vez de palavras.
Aquela equipa realizou um passo dos meus sonhos, permitiu-me chegar a centenas, milhares de pessoas que só precisavam de uma referência que as entendesse, que as "ouvisse", esta equipa deixou-me ser quem sou, no meu eu mais genuíno, mais transparente, sem exigências ou textos feitos, sem maquilhagem nem poses estudadas. Esta equipa abraçou-me como se abraça um amigo que acabou de chegar de uma longa e vivida jornada. Esta equipa aqueceu o meu coração e mostrou-me que respeitar a minha pessoa sempre foi a prioridade.
A eles, a cada um deles, que viu as feridas, as lágrimas, o sorriso e a leveza da minha alma o meu gigante e eterno obrigado pela oportunidade que me deram em chegar até tanta gente que só precisa de um raio de sol e de um "ouvido" que não critique e apenas entenda com o respeito que merecem.

A TODOS vocês.
Podem não acreditar, mas cada gesto, palavra cheios de carinho da vossa parte me enche o coração, me emociona.
Desculpem se ainda não cheguei ao vosso email, comentário, partilha. Prometo responder a tudo, mas acreditem que não tem sido fácil. O mundo precisa de mais "ouvidos", menos julgamentos e eu dei-me ainda mais conta disso depois de ver a quantidade de pessoas que querem apenas desabafar.

Um dia eu andei com a solidão como companhia.
Hoje eu tenho um mundo na alma que é tão leve e tão preenchida ao mesmo tempo. A vida é um puzzle e o meu tem peças fantásticas no sítio certo. A vida pode mesmo acabar numa qualquer esquina, mas direi sempre que valeu muito a pena. Sem mas. Sem "apesar de". Não. Não direi nada disso. Direi apenas "Foda-se, valeu a pena!"

Eu sei que hoje joga Portugal, eu sei que o futebol sempre foi uma das grandes paixões do povo português, mas não deixem de dar a importância merecida a este programa que nos brinda hoje pelas 20h50 na SIC.

Enough!

Tenho uma visitante ao meu blog que se apelida de "sempre chique", diz por aí que é professora e mãe.
Embirra com o facto de eu falar do meu tamanho, dos meus kgs a mais, do facto de eu ser gorda e falar sobre isso. Diz que ninguém tem nada com isso.
Eu, dona deste blog (que ela apelida de provinciano) tenho a certeza que continuarei a falar sem problemas do meu peso, do meu tamanho, dos números e de tudo aquilo que me der na real gana.
Eu, como leitora de blogs, sei que me ajudou em muito ler Mulheres gordas, que se assumem, que falam abertamente do número que vestem, das suas dificuldades em assumirem-se perante uma sociedade que faz questão em ser mesquinha que rebaixa os outros para com o único objectivo de se sentir um bocadinho mais forte.

A primeira vez que esta pessoa me deixou um comentário, assinando (sim, que tenho a dizer-vos que me deixa comentários tanto anónimos como com as belas palavras "semprechique") escreveu-me com aquele sentimento de "uma no cravo outra na ferradura", chamou-me Calimero (para quem não sabe, Calimero é o patinho negro, de casca de ovo na cabeça que se queixa de tudo e se acha o mais feio ao cimo da terra), respondi-lhe como bem me apeteceu... e ela respondeu com a classe que já lhe tinha percebido... nenhuma.
Pedi-lhe que não voltasse pois não era bem-vinda, mas...

Dama de Copas + CONCURSO!


Uma das coisas que me leva a manter este blog, tal como já o disse imensas vezes, é a minha necessidade em ser um motor para a mudança da nossa relação com o corpo. Seja ele de que tamanho for, tenha ele as imperfeições que tenha, desde o primeiro dia deste blog que defendo o amor-próprio, a aceitação do corpo, para que possamos ser acima de tudo pessoas fortes que assumem sem medos aquilo que decidimos ser.

Depois da entrevista que dei para o programa de televisão E se fosse consigo? da SIC, recebi um contacto da loja Dama de Copas. Garanto-vos que foi com enorme agrado que aceitei o convite para visitar as instalações (e que loja linda!), mas também fazer uma consulta de Bra Fitting. Experiência fantástica onde uma profissional nos revela qual o tamanho exato do soutien a usar, como o vestir e muitas outras dicas úteis para que a nossa imagem seja ainda mais positiva.
Posso dizer-vos que numa das minhas passagens por Lisboa nem hesitei e lá fui eu. Para resumir, posso dizer-vos que o soutien que levava vestido ficou no caixote do lixo da cabine onde experimentei os modelos aconselhados. Tal como eu disse à colaboradora que me atendeu, "o meu peito tinha novamente 18 anos com este soutien".





Como o desafio das Portugal Curvy estava à porta e o tema era "off shoulders", procurei um soutien cai-cai porque aquele que eu tinha aqui por casa caía mesmo. E digo-vos, como podem ver nas fotos o meu peito com o soutien cai-cai escolhido na loja ficou mesmo maravilhoso. Tudo no sítio sem que eu tivesse de andar sempre a ajeitá-lo.

Foi também no post do desafio das Portugal Curvy com o tema "off shoulders" que recebi muitas mensagens a pedir dicas de soutiens cai-cai e como adorei a experiência na consulta de Bra Fitting da Dama de Copas decidi contactar a pessoa que me convidou a conhecer a marca e pedir-lhe um mimo para as minhas leitoras. Sim, que nós somos um grupo. Uma só em vários corpos todos diferentes! E como percebi que a postura muda realmente quando encontramos o tamanho certo, acho que é mais que justo partilhar convosco esta experiência.

E por isso tenho um convite a fazer-vos! Querem ganhar uma consulta de Bra Fitting e um soutien cai-cai (bege ou preto) independentemente do vosso tamanho?! Então chegou o momento!

Para isso basta seguirem os seguintes passos:

- Por GOSTO na página Facebook do blog A Plus Size Girl Who Loves Fashion e na página da Dama de Copas assim como PARTILHAR a publicação do Facebook em modo público.

- Se quiserem aumentar as vossas chances, basta seguirem no INSTAGRAM o perfil do blog A Plus Size Girl Who Loves Fashion e gostarem da foto do concurso

Podem participar até dia 27/6/2016 à meia-noite!

Conto com a vossa participação para que possamos continuar a trabalhar neste caminho que é a aceitação e o amor pelo corpo que é nosso!

Deixo-vos também alguns conselhos que aprendi e acho super úteis!



Mas a esta hora devem estar a pensar que é mais uma qualquer publicidade que estou para aqui a fazer, mas acreditem que não é o caso! Depois de ter ido para o ar a entrevista que dei para a SIC, apareceram umas quantas marcas em que as primeiras perguntas se baseavam apenas em... números. «Quantos seguidores tem?", "Qual a média de isto e daquilo?". 
Juro-vos que nem sequer desenvolvia mais conversa. Eu não procuro ofertas, não procuro números.
Pessoas, marcas que me contactam sem sequer saber qual o propósito do blog, não merecem o meu tempo. Mas pessoas que dedicam em saber quem sou ou o trabalho que tento desenvolver merecem toda a minha atenção. E as pessoas da Dama de Copas que eu fui cruzando merecem.

*Parceria com a Dama de Copas
*Concurso válido em Portugal Continental - Em Lisboa a loja Dama de Copas situa-se na Rua de Santa Justa, 87 e no Porto encontram a loja Dama de Copas na Rua de Sá da Bandeira, 373.

Portugal Curvy #3 - Off Shoulders


E cá estou eu novamente com uma proposta para este desafio mensal que adoro, o Portugal Curvy! O Portugal Curvy é um movimento que criei com o intuito de unir algumas bloggers portuguesas plus size afim de vos propor vários outfits, de estilos diferentes baseados num mesmo tema.  
Antes de prosseguir tenho de vos pedir desculpa pela minha ausência durante a semana passada, mas estou empenhada num projeto maravilhoso que partilharei convosco brevemente.

Este mês, lancei como desafio às nossas curvies portuguesas mostrarem a sensualidade de uns ombros descobertos apesar de muitas se queixarem da dificuldade que é encontrar um soutien sem alças que ofereça um bom suporte! (E este que uso é simplesmente fenomenal... e fiquem atentas que tenho muitas novidades e surpresas para partilhar convosco durante a semana!).
Da minha parte não queria entrar pelo clássico vestido sensual. Não. Desta vez queria algo mais descontraído para usar este verão. Por isso, peguei neste top off-shoulder super atual e moderno graças ao seu corte, mas também ao bordado tão in neste momento.
Para o acompanhar escolhi estas calças "ferrugem" de tecido fino e fluido mais descontraídas e umas sandálias de cunha que são do mais confortável que tenho e que adoro usar nesta estação do ano.

Como acessórios escolhi peças mais discretas para não roubar protagonismo a este top que adoro.
Um fio dourado fino e discreto, umas mini-pérolas brancas como brincos, umas pulseiras em madeira e outras douradas finas, uns anéis dourados de falanges e uma pochete castanha onde podemos guardar o essencial para um passeio num dia de verão.
Proponho-vos também algumas fotos com um chapéu em tons bege, castanho e dourado e uns óculos de sol com as mesmas cores.

Espero que gostem e que se sintam inspiradas em investir numa peça que mostrará a sensualidade dos vossos ombros de uma maneira moderna e jovial.

Como já vos disse anteriormente, é óbvio que jamais vos deixaria de fora e por isso gostava que me mostrassem a vossa ideia de outfit em que os ombros se mostram descobertos. Para isso, basta que me enviem a vossa participação, seja por email ou até mesmo por mensagem privada na página Facebook do blog. 
Não hesitem também em partilhar nas redes sociais utilizando a hashtag #PortugalCurvy! Conto convosco!

Não se esqueçam também de visitar as participantes do projeto Portugal Curvy, tenho a certeza que inspiração não vos faltará!
















Top: H&M
Calças: Primark
Sandálias: Yendi
Pochette: C&A
Colar e pulseiras: Six
Chapéu: C&A
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...