The Red Coat


Depois de ter partilhado convosco várias opções de casacos vermelhos, hoje chegou a vez de vos mostrar aquele que me acompanha há já alguns anos.
Talvez para muita gente roupa seja apenas isso, peças que servem para tapar o nosso corpo. Mas para mim é tão mais. Foi e continua a ser a roupa que visto que me relembra todo o percurso, todo o caminho que já percorri. É a roupa que me vai dizendo vezes sem conta "já viste como tudo mudou?".
Sei que estão habituados a que eu partilhe fotos e vos fale das minhas escolhas vestimentares, mas hoje é diferente. Hoje este casaco vermelho fez com que eu viajasse no tempo, olhasse a fotos vezes sem conta e me dissesse, caramba como eu mudei. Verdade, este casaco é a imagem perfeita da minha mudança, dos anos em que rastejei na esperança de chegar onde estou. Já vos disse vezes sem conta que mudança nenhuma acontece num estalar de dedos. Nenhuma. Por isso, deixem-me dizer-vos que o casaco vermelho é a minha luva branca em relação à sociedade.
Pensar que há uns 7 anos atrás jamais sairia à rua com uma peça tão marcante. Se era raro sair à rua, quando tal acontecia a minha roupa tinha apenas quatro cores, preto, cinzento escuro, azul escuro ou castanho. Olhar para mim hoje emociona-me, emociona-me ver o quanto evolui, o quanto a vida mudou, tudo parece ter acontecido sem explicação. E é então que paro e que vejo o quanto foi longa esta caminhada, o quanto trabalhámos, sim nós, que eu não estive sozinha neste percurso. Sozinha jamais conseguiria aqui chegar, engana-se quem se acha capaz de fazer o caminho sem ajuda.
O meu casaco vermelho tem três anos. Três anos que me faz sair à rua cheia de confiança, com a cabeça e o coração confiantes de que o mundo precisa de cor e eu quero ser a mancha colorida na vida dos outros, aquela mancha que fará a diferença mesmo em dias mais cinzentos. Esses fazem parte, mas não nos definem. Não podem definir.
Hoje eu visto o meu casaco vermelho na esperança de que todos possamos ser sempre únicos, com as nossas diferenças, as nossas escolhas.
Que todos possamos dar ao mundo um bocadinho da riqueza que é a nossa individualidade.


Après avoir partagé avec vous plusieurs options de vestes/manteaux rouges, il est temps de vous montrer aujourd’hui mon manteau à moi qui m’accompagne déjà depuis quelques années.
Probablement pour beaucoup de monde les vêtements ne sont que ça, des pièces qui servent à cacher notre corps. Mais pour moi c’est beaucoup plus que ça. C’étaient et ce sont toujours les vêtements que je mets qui me rappellent tout le parcours, tout le chemin que j’ai parcouru. Ce sont les vêtements qui me disent toujours « t’as vu comme tout a changé ? ».
Je sais que vous êtes habitués à ce que je partage les photos et que je vous parle de mes choix vestimentaires, mais aujourd’hui c’est différent. Aujourd’hui ce manteau rouge m’a fait voyager dans le temps, m’a fait regarder les photos à plusieurs reprises et me dire « quel évolution! ». C’est vrai, ce manteau est l’image parfaite de mon changement, des années que j’ai galéré en espérant arriver où je suis aujourd’hui. Je vous ai déjà dit à plusieurs reprises qu’aucun changement ne se fait en un claquement de doigts. Aucun. Donc, laissez-moi vous dire que ce manteau rouge est ma petite vengeance par rapport à la société.
Penser qu’il y a 7 ans je ne serai jamais sortie dans la rue avec une pièce aussi voyante. Se c’était rare de sortir, quand ça m’arrivait, mes vêtements n’avaient que quatre couleurs, noir, gris et bleu foncé ou brun. Me regarder aujourd’hui ça m’émeut, je suis émue en voyant comment j’ai évolué, comment ma vie a changé, on dirait que tout a changé sans explications. Et c’est alors que je m’arrête et je vois comment ce parcours a été long, combien nous avons travaillé, oui nous, je n’ai jamais été seule pendant ce chemin. Seule je n’y serai jamais arrivée, vous vous trompez si vous pensez y arriver seuls.
Mon manteau rouge a trois ans. Trois ans qu’il me fait sortir dans la rue pleine de confiance en moi, avec la tête et le cœur certains que le monde a besoin de couleur et moi je veux être la tâche colorée dans la vie des autres, cette tâche qui fera la différence même pendants les jours gris. Ces jours-là font partie de notre vie mais ne nous définissent pas. Ils ne peuvent pas nous définir. Aujourd’hui je mets ma veste rouge en espérant qu’on puisse être tous uniques, avec nos différences, nos choix. Qu’on puisse tous donner au monde un peu de la richesse qui est notre individualité.















Manteau/ Casaco: C&A
Chemise/ Camisa: H&M
Jeans: Primark
Loafers: Primark

18 comentários:

  1. Olá Ana,

    Que fotografias e paisagens tão bonitas.
    Adoro o look, estas muito bonita.
    Em relação ao casaco é lindo e fica-te tão bem :)

    Beijinhos da tua seguidora sempre atenta :)
    E.H

    P.S. Nunca te agradeci as palavras tão bonitas que me disseste, fizeram me muito bem e deram me força. Quando não a tenho leio e já fico melhor :) a continuar esta caminhada devagarinho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O teu "p.s." fez-me ganhar o dia! Obrigada eu EH por todo o carinho desde sempre ❤️
      Devagarinho mas com a certeza de escolhas certas, isso é que é importante!
      Um enorme beijinho

      Eliminar
  2. AMO!!! O casaco (maravilhoso!), e a tua perspetiva sobre a tua própria mudança :)

    ResponderEliminar
  3. Joli look!

    Bonne journée!
    http://modeusementvibe.blogspot.fr/2016/11/mon-pantalon-carotte.html

    ResponderEliminar
  4. Adoro! Não só o casaco, mas principalmente o que ele representa. Sinto-me exatamente como tu. Às vezes tenho pena de ter desperdiçado tantos anos da minha vida em self-pity, a achar-me inferior e que não merecia o que os outros mereciam. Mas olhando para trás, é um crescimento interior imenso que só me pode fazer sentir um orgulho tremendo de mim própria. Tenho a certeza que é o que sentes também. Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É tão isto mesmo!
      Fico tão feliz em ver cada vez mais pessoas em busca do seu caminho certo!
      Um grande beijinho

      Eliminar
  5. Casaco lindo, conjunto adorável (essa camisa <3) e modelo mais bonita ainda! Estás espectacular, Ana, confiante, e isso nota-se! :)

    Jiji

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico tão feliz ao ler-te querida Joana! Obrigada de coração ❤️

      Eliminar
  6. Olá Querida Ana! Bom dia! :)
    Que privilégio poder começar este dia que (no exterior) nasceu ensolarado e com uma luz que (por enquanto ) só encontrei em Portugal mas aqui dentro de casa e em especial neste computador venho até este cantinho para ler um texto sublime...umas fotos espectaculares...e todo este conjunto faz me ficar muito muito grata pela Alegria de passear num campo de Sonhos, tornados realidade! Obrigada pela partilha ! Beijinho Ana ! Keep going ... Big Winner!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu é que serei sempre imensamente grata pelas pessoas como a Manuela que a vida me tem enviado ❤️
      Um gigante abraço

      Eliminar
  7. J'ai beaucoup aimé lire ton parcours avec ce manteau rouge, et c'est une chouette histoire ! En tout cas une chose est sûre c'est qu'il est absolument magnifique ! Tout comme toi ! ;)

    Laura | http://www.furiouslychic.ch/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Merci beaucoup Laura, je pense partager un peu plus à propos de mon parcours au lieu de montrer que des photos car j'espère pouvoir motiver d'autres personnes à profiter de la vie sans faire attention au jugement des autres.
      Gros bisous et encore merci!

      Eliminar
  8. O casaco é girissimo, eu adoro cores fortes em casacos de Inverno! Este look fica tão giro! Adoro a camisa, fica-te mesmo bem.
    Beijinhos!

    Biggirlslovefashion.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mil mercis miúda! Esta camisa andei a namorá-la durante uns meses até que a encontrei em saldos :)

      Eliminar
  9. Olá Ana! Não sei o que tens feito mas também quero... estas super magra e muito bonita! Adoro o casaco e quero um para mim! É da colecção da C&A deste ano? Beijinhos e continua que estás no caminho certo. Lili

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh Lili! Que simpatia, merci! Olha a única coisa que se alterou no meu dia-a-dia foi que passei a fazer quase todos os dias 10km de bicicleta por puro prazer. A neve está a chegar por isso acho que vou hibernar :)
      Olha tal como menciono no texto este casaco já me acompanha há alguns anos. Julgo que foi em 2013 que o comprei.
      Beijinho grande e mais uma vez merci!

      Eliminar

Feel welcome!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...